“Ofertar água em quantidade e com qualidade é garantia de que o animal irá expressar o seu máximo potencial produtivo e, ao mesmo tempo, manter condições ideais de sanidade e bem-estar e produzir produtos seguros. Estudos relacionando a qualidade da água servida e os índices de desempenho dos animais apresentam como principal conclusão que água de boa qualidade irá ter efeitos positivos no desempenho e na saúde animal. Conclusões relacionadas ao limite máximo que determinado elemento pode estar presente na água e seus efeitos no animal variam muito, pois esses efeitos são resultado de vários fatores do animal, do ambiente e do manejo.

A qualidade da água pode ser definida por uma ou mais das seguintes características: odor, sabor, aparência, propriedades físicas e químicas, teor de macro e microminerais, presença de substâncias tóxicas e de micro-organismos. Qualquer situação incomum relacionada à água como: alterações no odor, na cor e no gosto, mudanças nos hábitos de alimentação e dessedentação dos animais, perda de desempenho e da condição de saúde dos animais, devem ser motivos para imediata análise da água.”

Reportagem retirada na íntegra de Embrapa, 2022.  PALHARES, Julio Cesar P.

Para ler a reportagem na íntegra, acesse: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/98412/1/Comunicado103.pdf

Fonte: Embrapa, 2022.

Fonte Imagem: Julio Cesar P. Palhares.

Precisa de ajuda?